Sensor de som: tudo o que você precisa saber em 2022

Introdução

Você já se perguntou como são aquelas cenas de filmes que, com apenas uma palmada, suas luzes se acendem? Mesmo os assistentes operados eletronicamente, como Alexa e Google, podem responder a comandos de vozes humanas.

Tudo isso é possível por meio da tecnologia; nesse cenário específico, é por causa de um sensor de som e um pouco de programação envolvida. Pode ser esmagador, mas simplificaremos para nossos leitores.

Ao longo dos anos, os Sensores de Som tiveram um impacto significativo na indústria de automação; ele tem sido utilizado em inúmeras tecnologias no mundo moderno e tem auxiliado várias indústrias em suas operações por causa de suas capacidades excepcionais. Sabemos que você já está se perguntando; como essa coisa funciona.

Portanto, neste artigo, discutiremos os sensores de som em profundidade. Para ser exato, ele se concentrará em sua definição, configuração, recurso, especificações, função, aplicativos e até solução de problemas. Continue lendo até o final para ter uma visão geral detalhada dos Sensores de Som.

Introdução aos sensores de som

Introdução aos sensores de som

O que é um Sensor de Som?

Em termos simples, um Sensor de Som é um módulo utilizado para detectar a intensidade, processar e responder a sinais de ruído ambiental. Quanto às suas aplicações, é frequentemente encontrado em aparelhos que têm como função primária o processamento de ondas sonoras.

Uma de suas aplicações são sistemas de segurança e automação, dispositivos de monitoramento e switches. Além disso, sua sensibilidade pode ser ajustada através de um programa que irá alinhar com o uso desejado; O PCBTok pode executá-lo de acordo com as especificações do consumidor.

Quanto à sua estrutura, possui algumas inclusões no módulo, como um detetor, amplificador e microfone. É necessário incluir um microfone para inserir o ruído em um buffer. Assim que essa onda sonora específica já tiver sido detectada, o processo de leitura da mensagem dos sinais sonoros começará imediatamente.

No entanto, ele só pode processar níveis de ruído de 3 kHz até 6 kHz da frequência relativa aos decibéis, uma aproximação em que já é sensível aos ouvidos humanos. Devido aos avanços tecnológicos, existem dispositivos para medir os níveis de som.

O que é um Sensor de Som?

O que é um Sensor de Som?

Qual é a configuração, princípio de funcionamento, recursos e especificações de um sensor de som?

Todos esses aspectos; configuração, o princípio de funcionamento, recursos e especificações serão discutidos separadamente abaixo.

Configuração de um Sensor de Som

Essencialmente, existem quatro (4) tipos de pinos incluídos em um sensor de som. Nós os temos abaixo.

  • 1st Pino (VCC) – Atua como fonte de alimentação no módulo; ele pode fornecer tensões variando entre 3.3 a 5.
  • 2nd Pino (GND) – Como fornece ao módulo uma conexão de aterramento, é chamado de pino de aterramento.
  • 3rd Pin (Saída Digital) – É o principal responsável pelas ligações entre o microcontrolador e seu pino digital.
  • 4th Pino (Saída Analógica) – Semelhante a uma Saída Digital, conecta o microcontrolador e o pino analógico.

Princípio de funcionamento de um sensor de som

Fazendo uma analogia, os Sensores de Som desempenham funções semelhantes aos ouvidos humanos, pois possuem um diafragma. No entanto, a única diferença é que os dispositivos externos estão incluídos neste módulo para converter as ondas sonoras em corrente com sucesso. Entre seus dispositivos conectados externamente está um microfone.

Na maioria dos casos, consiste em uma membrana de materiais magnéticos enrolados em cabos de aço. Além disso, os ímãs dentro do sensor oscilam por impulsos de áudio e os loops dentro do sensor também podem induzir eletricidade simultaneamente.

Características e especificações de um sensor de som

Abaixo estão as propriedades e características de um Sensor de Som:

  • É fácil de utilizar e operar.
  • É capaz de fornecer sinais analógicos em o/p.
  • Na área de entrada, ele implanta apenas um módulo de lógica simples.
  • Tem uma faixa de operação de 3 1/3 da tensão.
  • Quanto à sua corrente de operação, está em torno de 4 a 5 miliamperes.
  • Sua sensibilidade de microfone de 1 kHz é medida em decibéis e é de 52 a 48.
  • Já a impedância do microfone tem valor de 2.2k Ω.
  • Em termos de frequência do microfone, deve estar em torno de 16 kHz a 20 kHz.
  • Em termos de relação entre o sinal e o ruído é de cerca de 54 decibéis.

Como funciona o sensor de som?

Como mencionado, os Sensores de Som podem ser comparados aos ouvidos humanos, pois ambos possuem um diafragma responsável por converter os sinais sonoros do ambiente em uma saída. No entanto, os Sensores de Som não podem substituir os ouvidos, pois seu diafragma não é o mesmo; em vez disso, ele utiliza um detector de pico, um amplificador com seleções variadas dependendo da sensibilidade desejada e um microfone.

Se um módulo carecer de um desses componentes, será difícil funcionar. Portanto, gostaríamos de fornecer o processo para melhor compreensão.

  • As partículas de ar ajudam as frequências vibracionais a se dispersarem.
  • Seu microfone indutivo integrado capta os impulsos de áudio.
  • Para gerenciar o nível de ruído, as vibrações são aumentadas e digitalizadas.

Simplificamos o processo em bits para que possamos entender o procedimento completamente. Devido a este processo, este módulo pode detectar comandos de voz para controlar os aparelhos inteligentes em uma casa. Pode parecer simples; no entanto, requer uma abordagem completa para atingir plenamente o objetivo desejado. Assim, selecionar um fabricante com amplo conhecimento do setor é altamente recomendável para evitar erros e obter o desempenho ideal.

Aplicações de Sensores de Som

Existem inúmeras aplicações para um Sensor de Som que podem ser benéficas em várias operações diárias além de Projetos Arduino. Algumas de suas aplicações incluem o seguinte:

  • Primeiro, as tecnologias de vigilância e segurança, como alertas de porta e detectores de movimento, etc.
  • Pode beneficiar eletrônicos de consumo, como smartphones, laptops e tocadores de música.
  • Pode ajudar a reconhecer a pressão de decibéis e os sons atmosféricos.
  • Além de desligar fisicamente as luzes com um botão, a automação residencial, por exemplo, permite que você ilumine sua casa aplaudindo ou até conversando.

Esses aplicativos têm um objetivo principal: facilitar a vida do ser humano. Ao longo do caminho, pode aumentar sua funcionalidade à medida que a tecnologia avança.

Aplicações de Sensores de Som

Aplicações de Sensores de Som

Quais são os componentes do módulo do sensor de som?

No mundo moderno, o Sound Sensor Module ganhou popularidade em vários Arduino Projetos devido às suas inúmeras funcionalidades e capacidades, como a capacidade de criar comutadores reativos ao som e CONDUZIU visualizadores alimentados por som. Além disso, seu custo, potência, robustez e ampla faixa de detecção ajustável contribuíram significativamente para sua popularidade.

No tópico anterior, discutimos as várias configurações de pinos embutidas neste módulo. Além dos pinos VCC, GND, Digital Output e Analog Output, possui LED de energia e LED de sinal. Como o próprio nome indica, Power LED, a luz acende automaticamente se houver energia gerada através da placa. Quanto ao LED de sinal, ele só pode ser acionado se a placa for alternada. Além das partes mencionadas, possui um sinal analógico convertido para digital chamado Comparador OP-Amp.

Além disso, se planejamos ajustar a sensibilidade ao ruído, incluímos um potenciômetro que pode modificar a intensidade. Enfim, o módulo não estaria completo sem o microfone que detecta as ondas sonoras do ambiente. Se um componente estiver faltando, ele pode não funcionar como deveria. Ao todo, ele cria um módulo de sensor de som eficiente e funcional.

Quais são os componentes do módulo do sensor de som?

Quais são os componentes do módulo do sensor de som?

O que é a interface da placa de um sensor de som?

Geralmente, um Módulo de Sensor de Som compreende vários componentes, especialmente um microfone que é unido para funcionar como um só. Seu principal objetivo é processar e converter ondas sonoras em frequências utilizáveis ​​conhecidas como sinais elétricos. Dessa forma, compõe-se de três partes essenciais; sem eles, será impossível o funcionamento do módulo. Inclui um microfone de eletreto, ajuste sensível e comparador.

Para entender melhor a digitalização, o comparador processa os sinais elétricos enviados a ele. Depois disso, ele processará sua saída por meio do pino designado.

Basicamente, este módulo contém um potenciômetro que pode ser usado para definir um limite, caso se pretenda ir um pouco além. Usando este critério, pode-se determinar se a intensidade de um som é alta se ultrapassar o limite especificado ou se estiver abaixo do limite. Com esta configuração, pode-se definir uma operação a ser executada assim que um limite especificado for atingido. Por exemplo, quando alguém bate palmas, a energia sonora pode estar acima do ponto especificado, fazendo com que os aparelhos liguem. Fazer um pouco de experimentação pode resultar em muitas atividades criativas. Além disso, um Sensor de Som contém dois LEDs que já foram discutidos na seção anterior. No geral, esta é a interface do módulo de sensor de som.

Como solucionar problemas de um sensor de som?

Uma vez que o Sensor de Som age de forma diferente do que deveria, é essencial seguir as orientações padrão para gerenciá-lo para evitar maiores danos ao módulo. Criamos as seguintes etapas a serem seguidas caso o Sensor de Som mostre algum sinal de erro.

  • Em primeiro lugar, sugerimos verificar o fonte de energia para ver se está coberto de elementos desnecessários; se for o caso, é imprescindível limpá-lo imediatamente. Pode gerar ruído na fonte, representando um risco caso o circuito seja analógico.
  • Em segundo lugar, aconselhamos a seleção de um microfone que possa tolerar e absorver com eficiência tensões e vibrações. É crucial considerar isso, pois alguns tipos de microfone são sensíveis a ruídos ambientais específicos.
  • Como o Sound Sensors tem um alcance de trabalho limitado, recomendamos testar a capacidade do protótipo. Por isso, sugerimos fazer ação de som perto do módulo para obter bons resultados.

Como solucionar problemas de um sensor de som?

Como solucionar problemas de um sensor de som?

Conclusão

Em conclusão, os Sensores de Som têm sido uma grande ajuda no avanço das tecnologias no mundo de hoje. No entanto, a partir do momento, sua capacidade e aplicações ainda estão limitadas a aplicações específicas. Mas a boa notícia é que pode progredir com o tempo.

Nossa equipe especializada em PCBTok visa principalmente ajudar nossos clientes em potencial com uma compreensão abrangente dos sensores de som. Portanto, esperamos que este blog bem pesquisado tenha contribuído para o processo de tomada de decisão.

A PCBTok é reconhecida mundialmente por fornecer serviços e produtos exemplares aos nossos consumidores. Além disso, temos amplo conhecimento na área, pessoal experiente e tecnologias sofisticadas para trabalhar todas as especificações desejadas por nossos clientes com perfeição.

Na PCBTok, valorizamos todos os valores e opiniões de nossos consumidores; conosco, suas necessidades serão atendidas seguindo as diretrizes padrão.

Entre em contato conosco hoje e aproveite seu Módulo Sensor de Som com PCBTok!

Atualizar preferências de cookies
Voltar ao Topo